Meu Perfil
BRASIL, Sudeste, RIO DE JANEIRO, Mulher, de 36 a 45 anos, Portuguese, English, Arte e cultura, Cinema e vídeo, música



Histórico
 11/11/2012 a 17/11/2012
 03/07/2011 a 09/07/2011
 12/06/2011 a 18/06/2011
 29/05/2011 a 04/06/2011
 17/04/2011 a 23/04/2011
 30/01/2011 a 05/02/2011
 09/01/2011 a 15/01/2011
 02/01/2011 a 08/01/2011
 28/11/2010 a 04/12/2010
 31/10/2010 a 06/11/2010
 24/10/2010 a 30/10/2010
 17/10/2010 a 23/10/2010
 15/08/2010 a 21/08/2010
 25/07/2010 a 31/07/2010
 04/07/2010 a 10/07/2010
 20/06/2010 a 26/06/2010
 30/05/2010 a 05/06/2010
 23/05/2010 a 29/05/2010
 02/05/2010 a 08/05/2010
 21/03/2010 a 27/03/2010
 14/02/2010 a 20/02/2010
 17/01/2010 a 23/01/2010
 03/01/2010 a 09/01/2010
 27/12/2009 a 02/01/2010
 20/12/2009 a 26/12/2009
 25/10/2009 a 31/10/2009
 11/10/2009 a 17/10/2009
 09/08/2009 a 15/08/2009
 12/07/2009 a 18/07/2009
 05/07/2009 a 11/07/2009
 26/04/2009 a 02/05/2009
 22/02/2009 a 28/02/2009
 18/01/2009 a 24/01/2009
 11/01/2009 a 17/01/2009
 28/12/2008 a 03/01/2009
 14/12/2008 a 20/12/2008
 16/11/2008 a 22/11/2008
 19/10/2008 a 25/10/2008
 28/09/2008 a 04/10/2008
 24/08/2008 a 30/08/2008
 27/07/2008 a 02/08/2008
 29/06/2008 a 05/07/2008
 25/05/2008 a 31/05/2008
 18/05/2008 a 24/05/2008
 13/04/2008 a 19/04/2008
 30/03/2008 a 05/04/2008
 23/03/2008 a 29/03/2008
 09/03/2008 a 15/03/2008
 17/02/2008 a 23/02/2008
 03/02/2008 a 09/02/2008
 13/01/2008 a 19/01/2008
 30/12/2007 a 05/01/2008
 23/12/2007 a 29/12/2007
 18/11/2007 a 24/11/2007
 11/11/2007 a 17/11/2007
 04/11/2007 a 10/11/2007
 28/10/2007 a 03/11/2007
 21/10/2007 a 27/10/2007
 14/10/2007 a 20/10/2007
 16/09/2007 a 22/09/2007
 02/09/2007 a 08/09/2007
 15/07/2007 a 21/07/2007
 29/04/2007 a 05/05/2007
 15/04/2007 a 21/04/2007
 11/03/2007 a 17/03/2007
 25/02/2007 a 03/03/2007
 18/02/2007 a 24/02/2007
 21/01/2007 a 27/01/2007
 14/01/2007 a 20/01/2007
 31/12/2006 a 06/01/2007
 24/12/2006 a 30/12/2006
 03/12/2006 a 09/12/2006
 26/11/2006 a 02/12/2006
 19/11/2006 a 25/11/2006
 12/11/2006 a 18/11/2006
 05/11/2006 a 11/11/2006
 29/10/2006 a 04/11/2006
 22/10/2006 a 28/10/2006
 15/10/2006 a 21/10/2006
 08/10/2006 a 14/10/2006
 01/10/2006 a 07/10/2006
 17/09/2006 a 23/09/2006
 10/09/2006 a 16/09/2006
 03/09/2006 a 09/09/2006
 20/08/2006 a 26/08/2006
 13/08/2006 a 19/08/2006
 30/07/2006 a 05/08/2006
 23/07/2006 a 29/07/2006
 02/07/2006 a 08/07/2006
 25/06/2006 a 01/07/2006
 18/06/2006 a 24/06/2006
 28/05/2006 a 03/06/2006
 14/05/2006 a 20/05/2006
 07/05/2006 a 13/05/2006
 16/04/2006 a 22/04/2006
 09/04/2006 a 15/04/2006
 02/04/2006 a 08/04/2006
 26/03/2006 a 01/04/2006
 19/03/2006 a 25/03/2006
 12/03/2006 a 18/03/2006
 05/03/2006 a 11/03/2006
 26/02/2006 a 04/03/2006
 19/02/2006 a 25/02/2006
 12/02/2006 a 18/02/2006
 05/02/2006 a 11/02/2006
 29/01/2006 a 04/02/2006
 22/01/2006 a 28/01/2006
 08/01/2006 a 14/01/2006
 01/01/2006 a 07/01/2006


Votação
 Dê uma nota para meu blog


Outros sites
 Poetrix & Poemínimos (blog antigo)
 Meu site de poesias
 Outro site meu de poesias
 Blog de sonetos


Poetrix - Lilian Maial
 

E meu amigo Marco Bastos, viajando por Belém do Pará, não resistiu e teve que dar uma entradinha no blog e deixar esse multiplix de sexta-feira 13:

treze // sexta // feira // hoje é dia /Hoje tem espetáculo?

lílian maial // miguel e gonçalves // Francisco C.// tsrossi/marco bastos

dia bom, dia ruim // a vida quer assim // sem vaidades // doces ou travessuras,/e tem goiabada? tem sim senhor!...

bruxa precavida // você pra mim // feita de verdades // alegria, felicidade,/ fico com essa, Madame Min, é um amor...

só convida pro Halloween // e fim // poucos azares!... // nesta história sem fim!.../ que recomeça.

*********



Escrito por Lílian Maial às 19h00
[] [envie esta mensagem]



Agora à tardinha, recebi esse duplix do Rossi, para o meu poetrix (DE)MENTE, que faz alusão à terrível doença de Alzheimer:

(DE)MENTE // (DO)ENTE

lílian maial // tsrossi

identidade // consciência,

mero papel // conveniência,

virou gaivota // (im)paciência!...

******



Escrito por Lílian Maial às 18h54
[] [envie esta mensagem]



Bem, finalmente compus o poetrix para a vencedora do rápido concurso, em homenagem à 500ª visita do blog em 10 dias: Marilene Pretti. Os trocadilhos fazem parte do meu humor pessoal, das brincadeiras em família, enfim, fazem parte de mim. Então, aproveitei a oportunidade do sobrenome da minha amiga, com o qual sempre me dirijo a ela "Pretti", e fiz o poetrix-homenagem:

 

 

“PRETTY LADY”*

lílian maial 

 

bela dona

coração anestesia(dor):

poesia

 

 

*homenagem a Marilene Pretti

 

Agradeço a todos os que vêm contribuindo para que o blog seja um ponto de encontro de poesia, amizade, respeito e alegria.

Estarei ausente por 1 semana, viajando em férias, mas tentarei manter o blog aceso.

beijos e ótimo final de semana,

Lílian



Escrito por Lílian Maial às 13h40
[] [envie esta mensagem]



O blog hoje tá danado! A turma tá adorando a sexta-feira 13! E tome inspiração!

Duplix do Rossi para o poetris da Taninha:

Destino // insólito

Tânia Regina // tsrossi

 

Sem lua, sem estrelas, // há uma luz a me guiar,

céu escuro, // não me entrego, sigo adiante...

caminho inseguro. // Não desisto, não posso parar.

 

**********

 

 

E multiplix com novo participante do blog, o Francisco Coimbra, lá de Portugal! O blog tá ficando INTERNACIONAL!

 

 

treze // sexta // feira // hoje é dia

lílian maial // miguel e gonçalves // Francisco C.// tsrossi

 

dia bom, dia ruim // a vida quer assim // sem vaidades // doces ou travessuras,

bruxa precavida // você pra mim // feita de verdades // alegria, felicidade,

só convida pro Halloween // e fim // poucos azares!... // nesta história sem fim!...

 

**********

 



Escrito por Lílian Maial às 13h32
[] [envie esta mensagem]



E recebi,  saindo do forno, um duplix do amigo Miguel Eduardo Gonçalves, para o meu poetrix TREZE. E que tenhamos boa sorte nas letras (e na vida!):

 

treze // sexta

lílian maial  // miguel e gonçalves

dia bom, dia ruim // a vida quer assim

bruxa precavida // você pra mim

só convida pro Halloween // e fim

*********

 

 

 



Escrito por Lílian Maial às 11h34
[] [envie esta mensagem]



Hoje é sexta-feira 13, e as superstições são muitas, bons motivos para poetrix, não?

treze

lílian maial

dia bom, dia ruim

bruxa precavida

só convida pro Halloween



Escrito por Lílian Maial às 10h31
[] [envie esta mensagem]



"Superstição" vem do latim superstitio, que significa "o excesso", ou também "o que resta e sobrevive de épocas passadas". Em qualquer acepção, designa "o que é alheio à atualidade, o que é velho". Transposto para a linguagem religiosa dos romanos, o vocábulo "superstitio" veio a designar a observância de cultos arcaicos, populares, não mais condizentes com as normas da religião oficial.

O número 13 é tido ora como sinal de infortúnio, ora de bom agouro.


O número 13

Símbolo de desgraça, já que 13 eram os convivas da última ceia de Cristo, e dentre eles, Jesus que morreu na sexta-feira foi, conseqüentemente, ligada ao horror que o número 13 provocava nas gerações cristãs. Por isso, muitas pessoas evitam viajar em sexta-feira 13; a numeração dos camarotes de teatro omite, por vezes, o 13; em alguns hotéis não há o quarto de número 13 - este é substituído pelo 12-a. Muitos prédio pulam do 12º para o 14º andar temendo que o 13º traga azar. Há pessoas que pensam que participar de um jantar com 13 pessoas traz má sorte porque uma delas morrerá no período de um ano. A sexta-feira 13 é considerada como um dia de azar, e toma-se muito cuidado quanto às atividades planejadas para este dia.

Como se vê, a crença na má sorte do número 13 parece ter tido sua origem na Sagrada Escritura. Esse testemunho, porém, é tão arbitrariamente entendido que o mesmo algarismo, em vastas regiões do planeta - até em países cristãos - é, estimado como símbolo de boa sorte.

O argumento dos otimistas se baseia no fato de que o 13 é um número afim ao 4 (1 + 3 = 4), sendo este símbolo de próspera sorte. Assim, na Índia o 13 é um número religioso muito apreciado; os pagodes hindus apresentam normalmente 13 estátuas de Buda. Na China, não raro os dísticos místicos dos templos são encabeçados pelo número 13. Também os mexicanos primitivos consideravam o número 13 como algo santo; adoravam, por exemplo, 13 cabras sagradas. Reportando-nos agora à civilização cristã, lembramos que nos Estados Unidos o número 13 goza de estima, pois 13 eram os Estados que inicialmente constituíam a Federação norte-americana. Além disso, o lema latino da Federação, "E pluribus unum" (de muitos se faz um só), consta de 13 letras; a águia norte-americana está revestida de 13 penas em cada asa.

As lendas

Além da justificativa cristã, existem 2 outras lendas que explicam a superstição. Uma Lenda diz que na Escandinava existia uma deusa do amor e da beleza chamada Friga (que deu origem a friadagr, sexta-feira). Quando as tribos nórdicas e alemãs se converteram ao cristianismo, a lenda transformou Friga em uma bruxa exilada no alto de uma montanha. Para vingar-se, ela passou a reunir-se todas as sextas com outras onze bruxas e mais o demônio - totalizando treze - para rogar pragas sobre os humanos. Da Escandinava a superstição se espalhou pela Europa.

A outra lenda é da mitologia nórdica. No valha, a morada dos deuses, houve um banquete para o qual foram convidados doze divindades. Loki o espírito do mal e da discórdia, apareceu sem ser chamado e armou uma briga em que morreu o favorito dos deuses. Este episódio serviu para consolidar o relato bíblico da última ceia, onde havia treze à mesa, às vésperas da morte de Cristo. Daí veio a crendice de que convidar 13 pessoas para um jantar era desgraça na certa.

 

* extraído do site http://www.quediaehoje.net/destaque/destaque_sexta13.asp



Escrito por Lílian Maial às 10h26
[] [envie esta mensagem]



Inspirado pelo belíssimo poema do poeta e companheiro de Planeta Literatura - Edimo Ginot - ALZHEIMER - compus esse poetrix:

(DE)MENTE

lílian maial

 

identidade

mero papel

virou gaivota

 

******

 



Escrito por Lílian Maial às 10h19
[] [envie esta mensagem]



E já temos uma vencedora do pequeno e rápido concurso que fiz, para o primeiro comentário do dia, em virtude das 500 visitas ao blog, em 10 dias. E ela é lá de Taió, Santa Catarina! É a amiga Pretti, companheira do Planeta Literatura. A vc, Pretti, meu agradecimento pela visita e por prestigiar os versos meus e dos amigos. Ainda hoje, até o final do dia, postarei o poetrix que farei em sua homenagem, inteirinho pra vc.

beijos e muito obrigada,

Lílian



Escrito por Lílian Maial às 08h42
[] [envie esta mensagem]



Dando continuidade, mais um poetrix da estreante Tânia Regina, que se encantou pelo poetrix através do blog, e descobriu um talento adormecido:

Destino
 
Sem lua, sem estrelas,
céu escuro,
caminho inseguro.
 
*******
 


Escrito por Lílian Maial às 08h21
[] [envie esta mensagem]



Bom dia! Hoje está um belíssimo dia de sol, e tenho execlentes motivos para celebrar, e o primeiro deles, o fato do blog, em 10 dias de vida, ter atingido 500 visitas. Agradeço a tods os que aqui estiveram prestigiando, os que comentaram, os que enviaram material, e aqueles que fizeram do blog um cantinho especial do seu dia-a-dia. E um deles, TSRossi, amizade que surgiu através do poetrix e, mais especificamente, do blog, vou homenagear com a publicação deste belo duplix:

LEITURAS // DE UM VELHO DIÁRIO

lílian maial // tsrossi

 

Meu corpo-livro // aberto, inacabado...

fecha-se com teu marcador. // Passa o tempo e...

Nunca saímos da mesma página. Será sempre assim?!...
 
*********
 


Escrito por Lílian Maial às 08h19
[] [envie esta mensagem]



Inspirado no meu poetrix LEITURAS, um estreante aqui no blog: Daniel Cardoso Rodrigues

 
RENOVAÇÃO

 Daniel Cardoso Rodrigues

 

Minha alma se reescreve

Nas entrelinhas do teu amor,

Em cada verso de poesia.

**********

 



Escrito por Lílian Maial às 12h07
[] [envie esta mensagem]



LATENTE
lílian maial

um querer conhecido
no meio da noite
teu perfil adormecido


********




Escrito por Lílian Maial às 12h04
[] [envie esta mensagem]



MULTICOR
lílian maial

ocaso sinistro
num seqüestro de azuis
a natureza repinta o homem


**********




Escrito por Lílian Maial às 12h04
[] [envie esta mensagem]



(A)mar
lílian maial

completamente revolto
sofrendo calado
buscava seus horizontes...


***********



Escrito por Lílian Maial às 12h03
[] [envie esta mensagem]



E do amigo T.S.Rossi:

Solidão urbana

 

alô!

alguém aí?!

alô!...

 

***********



Escrito por Lílian Maial às 11h48
[] [envie esta mensagem]



Mais um poetrix da estreante Tânia Regina:

Alicerce
 
Dorso, um corpo,
recosto,
mesmo a contra-gosto.
 
******


Escrito por Lílian Maial às 11h47
[] [envie esta mensagem]



E olha só o duplix do Rossi!!!

 

E por falar em política...//estrela cadente

marco bastos//tsrossi

 

O meu flagelo é singelo//rasgou nosso céu

um céu de Maquiavel //riscou-se do mapa

uma cabeça de prego e um martelo //foi-se...

 

*******

 
 


Escrito por Lílian Maial às 09h23
[] [envie esta mensagem]



Um belíssimo poetrix do TSRossi, lá de Porto Velho, que me encantou. Uma observação bonita da natureza da região:

AÇAÍ
tsrossi

Bom fruto, bela cor
Da palmeira, que dizer?
Balé ao vento, leveza: inspiração, paz!

******



Escrito por Lílian Maial às 22h22
[] [envie esta mensagem]



ON THE ROCKS

lílian maial

O gelo estala no copo:
a platéia aplaude
a aproximação de teus lábios.

 

********



Escrito por Lílian Maial às 21h51
[] [envie esta mensagem]



LEITURAS
  lílian maial

Meu corpo-livro
fecha-se com teu marcador.
Nunca saímos da mesma página
.

 

*******



Escrito por Lílian Maial às 21h50
[] [envie esta mensagem]



E aí vai um duplix Rio/Porto Velho:

MAS NÃO SE MATA POETA? // SERÁ IMORTAL?...

lílian maial // tsrossi

enterrem meu coração // no solo fértil da poesia,

nas dobras // nos versos, nos poemas

do livro // que a vida escreve...

 

**********



Escrito por Lílian Maial às 21h48
[] [envie esta mensagem]



Bem, com tanto céu, mar, verde...  ecologia...  estamos falando de... Rio!!!

E aí veio o triplix do Rossi:

de janeiro // sou o mar que te sorri // do leme ao pontal
lílian maial // marco bastos // tsrossi
 
 
sol a pino // hino e riso por tudo e nada // nada de mal,
corpos de sal e bronze // ao sol das onze // só paz e amor,
em meu peito ? rio! // forte ao leme, é minha risada. // meu eterno amor!
 
***********

 




Escrito por Lílian Maial às 10h30
[] [envie esta mensagem]



E nossa estreante está empolgada com o Poetrix:

Solidão
Tãnia R. Cardoso
 
Na ponta do abismo, a imensidão,
horizonte infinito,
entre céu e mar, consternação.
 
*********


Escrito por Lílian Maial às 10h25
[] [envie esta mensagem]



Dias de sol acordam a consciência ecológica:

Suicídio ecológico

tsrossi

mata a mata

abrevia a vida...

a própria vida!
 
******
 


Escrito por Lílian Maial às 10h20
[] [envie esta mensagem]



E não é que o multiplix foi adiante?

off-road // non sense // of-course, on my way // all the way // out-door // up-to-date?...

marco bastos // tsrossi // marco bastos // tsrossi // marco bastos // tsrossi

 

o mundo muda // na aparência // e no retrato // de fato e sem recato, // tapa buraco. // buraco negro!

de moda em moda // aparece // o perfume caro e o barato // ao ser seduz e corrompe,// ao lado da cosmética, o candidato // cara-de-pau!...

e eu, roda. // Há essência?!... // Prá que a essência?... se há o extrato!... // o mensalão e a incompetência...// that´s enough, na bota de sete léguas, tanto rato. // The book is on the table?!...

 

**************



Escrito por Lílian Maial às 10h05
[] [envie esta mensagem]



Esse aqui fala por si:

 

 

E por falar em política...

marco bastos

 

O meu flagelo é singelo

um céu de Maquiavel

uma cabeça de prego e um martelo 

 

*******

 



Escrito por Lílian Maial às 10h03
[] [envie esta mensagem]



Os meus poetrix "politizados" tb ganharam parceria:

nosso povo // pra variar...

lílian maial // tsrossi

 

reclama de barriga cheia // cheia de falsas promessas,

os vermes distendem // a barriga faminta do povo,

a consciência murcha // resta só a esperança...

 

*********

 

a vida imita a arte // é fato, é fatal

lílian maial // tsrossi

 

criança arteira // aos 8 sem carteira na escola

brincadeira de polícia e ladrão // bate carteira de arma na mão

aos 8 já matou com 38 // aos 38 acabou na prisão

 

***********

 



Escrito por Lílian Maial às 10h00
[] [envie esta mensagem]



Pedro Cardoso, que tb estreeou ontem no blog, já ganhou seu duplix-hjomenagem do Rossi:

encontro // marcado

Pedro Cardoso // tsrossi

saudade é uma boca molhada // pela lágrima vertida,

que me beija a língua // com o gosto da vida

e me enche de sonhos // - ainda curo essa ferida!

**********



Escrito por Lílian Maial às 09h56
[] [envie esta mensagem]



Bom dia! Mais um dia de sol intenso no meu Rio de Janeiro, como quem dá as boas vindas ao ano que se inicia. E esse ano começou bem, rico em poesia! E para mostrar a euforia poética dos meus amigos, darei destaque ao primeiro duplix da Tânia Regina, que estreou ontem no  ofício de poetrixta, com seu poetrix "essência", que já rendeu frutos, vejam:

essência //não decodificada

Tânia R.Cardoso // Marco Bastos

 

 exalo tua essência // não me conheces

 nuvens aromáticas // - com perfume entro no teu espaço - eu bem te disse

 no paladar, amargas // por tua gulodice

 

*******

 

essência // estelar

Tânia R.Cardoso // tsrossi

 

exalo tua essência // via láctea,

nuvens aromáticas // nebulosas,

no paladar, amargas // estrelas cadentes...

 

*******

 



Escrito por Lílian Maial às 09h53
[] [envie esta mensagem]



Já que estamos falando de política...

 

Nosso Povo

reclama de barriga cheia
os vermes distendem
a consciência murcha

Lílian Maial



Escrito por Lílian Maial às 15h34
[] [envie esta mensagem]



A vida imita a arte

criança arteira
brincadeira de polícia e ladrão
aos 8 já matou com 38

Lílian Maial



Escrito por Lílian Maial às 15h33
[] [envie esta mensagem]



Unzinho que gosto muito:

 

MAS NÃO SE MATA POETA?

enterrem meu coração
nas dobras
do livro

Lílian Maial

 

******

 

 



Escrito por Lílian Maial às 15h31
[] [envie esta mensagem]



Rossi enviou uma versão, diagmos, politicamente incorreta, do multiplix:

off-road // non sense // of-course, on my way // all the way

marco bastos // tsrossi // marco bastos // tsrossi
 
o mundo muda // na aparência // e no retrato // de fato e sem recato,
de moda em moda // aparece // o perfume caro e o barato // ao ser seduz e corrompe,
e eu, roda. // Há essência?!... // Prá que a essência?... se há o extrato!...
// o mensalão e a incompetência...
 
***********
 
 


Escrito por Lílian Maial às 15h20
[] [envie esta mensagem]



Hoje é dia de novidades aqui no blog! Agora é a vez de Tânia Regina Cardoso estrear! Mas estrear de verdade! Ela escreveu seu primeiro poetrix, incentivada pela febre poetrix e pelos comentários dos amigos. Esse é o primeiro de uma série infinita da mais nova poetrixta (e boa) do pedaço:


Essência

Tânia Regina Cardoso

exalo tua essência
nuvens aromáticas
   no paladar, amargas

*******



Escrito por Lílian Maial às 14h09
[] [envie esta mensagem]



GENTE!!!

O blog tá ficando importante! Imaginem que saiu em destaque na 32ª edição do Jornal Ecos, da amiga Vânia Moreira Diniz. Aí vai o link:

http://www.jornalecos.net

Obrigada, Vânia, por mais esse carinho!

*******



Escrito por Lílian Maial às 13h54
[] [envie esta mensagem]



E "Profana" ganhou uma companheira:

PROFANA // INTIMIDADE

lílian maial // tsrossi

 

tua boca é um inferno // quase sempre

e o diabo da língua // insaciável

insiste no céu // inatingível

*******



Escrito por Lílian Maial às 13h21
[] [envie esta mensagem]



E o meu amigo lá de Porto Velho, terra de chuvas densas, enviou um  poetrix bem úmido:

 

Cúmulos-nimbos

tsrossi

 

hoje amanheceu chovendo,

parece que a natureza chora,

talvez queira lavar a Terra...

 *******



Escrito por Lílian Maial às 13h19
[] [envie esta mensagem]



Agora uma coisa muito carinhosa: Pedro Cardoso, um dos fundadores do MIP (Movimento Internacional Poetrix), "pai" do duplix, junto com a "mãe" Tê Soares, e amigo de longos dias de maratona de poetrix, me enviou uma série para publicação. A cada dia, vou publicando um aqui, outro ali, pra matar a saudade, e pra deleite meu e dos leitores. Aí vai o primeiro:

 

Encontro

saudade é uma boca molhada
que me beija a língua
e me enche de sonhos

Pedro Cardoso

*********



Escrito por Lílian Maial às 13h13
[] [envie esta mensagem]



Mais um belíssimo dia de sol no meu Rio de Janeiro! Falando nele, o poetrix "de janeiro" vem fazendo sucesso dentro e fora do blog. Muito gostoso!

ATENÇÃO!!!

Primeiro multiplix do blog! Estou muito feliz, como quem acompanha um parto de perto... hehehehe...  Marco Bastos e T.S.Rossi:

off-road // non sense // of-course, on my way // all the way
marco bastos // tsrossi // marco bastos // tsrossi
 
o mundo muda // na aparência // e no retrato // de fato e sem recato,
de moda em moda // aparece // o perfume caro e o barato // ao ser seduz e corrompe,
e eu, roda. / Há essência?!... // Prá que a essência?... se há o extrato!... // o talão e a inconseqüência...
 
******
 


Escrito por Lílian Maial às 13h06
[] [envie esta mensagem]



Coisinha mais fofa, o T.S.Rossi me enviou um poetrix, feito em homenagem ao seu maior tesouro: GABRIELA. Aí está ele:

Gabriela
tsrossi

a da minha história
tem o cheiro de todas as flores
e, do arco-íris, as cores

********



Escrito por Lílian Maial às 00h42
[] [envie esta mensagem]



E olhem que bonito: meu poetrix "de janeiro", que fiz cedinho, pela bela manhã de sol que só meu Rio me dá, recebeu dois duplix, que coloco logo abaixo, para que vcs tb possam admirar...

de janeiro // sou o mar que te sorri

lílian maial / Marco Bastos

 

sol a pino // hino e riso por tudo e nada

corpos de sal e bronze // ao sol das onze

em meu peito – rio! // forte ao leme, é minha risada.

 

**********

 

de janeiro//rio...

lílian maial//tsrossi

 

sol a pino//de janeiro, belo, eterno

corpos de sal e bronze//elo entre a nascente e o mar

em meu peito – rio!//porque a poesia faz sonhar...

 

*******

 



Escrito por Lílian Maial às 00h28
[] [envie esta mensagem]



Bom dia! Hoje tive um dia cheio e corrido, só me sobrou a madrugada (férias...). Vou postar alguns parceiros queridos, que dão tanta alegria a mim e aos leitores, com essas pérolas de ncaixes perfeitos:

SALTO // INTRANSPONÍVEL

lílian maial // tsrossi

palavra (re)presa no peito // liberdade (in)desejada

corre no olho o rio // caudaloso delírio

cascata iminente // mergulho inconsciente

*********

Blefe // fatal

lílian maial // tsrossi

finge que não liga // quase acredito

faz que não quer // mas não me deixo enganar

coração paga pra ver // pois é tudo quanto quero

*********

 

 



Escrito por Lílian Maial às 00h18
[] [envie esta mensagem]



Recebi, lá de Porto Velho (eita lugarzinho longe!!!) uma homenagem ao poetrix RECICLÁVEL, que tenta despertar a consciência ambiental, vindo de um engenheiro...  não podia me furtar de publicar e chamar bastante a ATENÇÃO:

RECICLÁVEL // ATENÇÃO
lílian maial // tsrossi

Sou folha em tuas mãos. // Trata-me com carinho.
Dou-te a sombra e o ar que respiras. // Não me descartes.
Torna-me eterna em tuas letras! // Sou parte da tua poesia!

************



Escrito por Lílian Maial às 13h29
[] [envie esta mensagem]



Amanheceu um lindo dia de sol, no meu Rio de Janeiro. E de Janeiro mesmo! Não há como não se render aos encantos da Cidade Maravilhosa:

de janeiro

lílian maial

 

sol a pino

corpos de sal e bronze

em meu peito – rio!

 

********

 



Escrito por Lílian Maial às 13h13
[] [envie esta mensagem]



Estreando no blog, o companheiro de letras Edimo Ginot, com seu belo poetrix "Despertador":

despertador

edimo ginot



cruel demais

desperta a dor

de um dia a mais

******



Escrito por Lílian Maial às 13h07
[] [envie esta mensagem]



Esse poetrix eu particularmente adoro, porque brinca com o sagrado e o profano, coisa tipicamente minha, como uma marca d'água: 

PROFANA

tua boca é um inferno
e o diabo da língua
insiste no céu

( lílian maial )
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~



Escrito por Lílian Maial às 18h41
[] [envie esta mensagem]



Esse é de minha autoria, numa campanha para reciclagem, a fim de poupar as árvores, que nos dão oxigênio...  causa nobre:

RECICLÁVEL

Sou folha em tuas mãos.
Dou-te a sombra e o ar que respiras.
Torna-me eterna em tuas letras!

Lílian Maial
Rio de Janeiro



Escrito por Lílian Maial às 18h39
[] [envie esta mensagem]



Hoje, por aqui no meu Rio de Janeiro, fez um dia tipicamente carioca: muito sol, muito mar, roupas leves, peles bronzeadas, chope, sorrisos. Ontem já havia ido à praia, hoje aproveitei para fazer umas comprinhas cedinho, enquanto os shoppings estão vazios, com o povo todo estirado ao sol. Foi muito bom me presentear! Preciso fazer isso mais vezes... risos...

Tenho recebido material para publicação no blog, alguns duplix e triplix de autores que não se conhecem. Não sei se autorizam que um amigo meu faça parceria, sem apresentações. Então, estou postando. Mas caso alguma das partes não concorde, é só avisar, que retiro imediatamente, OK?

Aí vão alguns:

 

transfusão // plasma viscoso  // alimento

lílian maial // marco bastos // tsrossi

 

o corpo é dreno // do orvalho // fonte da vida

amor que se esvai // ao sereno // delírio da alma

deixa saudade pelas veias // - suas teias - e a sua queixa. // para sempre...

 *********

off-road // non sense

marco bastos // tsrossi

 

o mundo muda // na aparência

de moda em moda // aparece

e eu, roda. // Há essência?!...

 ***********

OSTRA CONFUSA // CONFESSA
lian maial // tsrossi
 
sonha-se pérola // radiante
tranca-se concha // abre mão da vida
morre na praia // e alimenta desejos alheios...

*********



Escrito por Lílian Maial às 18h37
[] [envie esta mensagem]




[ ver mensagens anteriores ]