Meu Perfil
BRASIL, Sudeste, RIO DE JANEIRO, Mulher, de 36 a 45 anos, Portuguese, English, Arte e cultura, Cinema e vídeo, música



Histórico
 11/11/2012 a 17/11/2012
 03/07/2011 a 09/07/2011
 12/06/2011 a 18/06/2011
 29/05/2011 a 04/06/2011
 17/04/2011 a 23/04/2011
 30/01/2011 a 05/02/2011
 09/01/2011 a 15/01/2011
 02/01/2011 a 08/01/2011
 28/11/2010 a 04/12/2010
 31/10/2010 a 06/11/2010
 24/10/2010 a 30/10/2010
 17/10/2010 a 23/10/2010
 15/08/2010 a 21/08/2010
 25/07/2010 a 31/07/2010
 04/07/2010 a 10/07/2010
 20/06/2010 a 26/06/2010
 30/05/2010 a 05/06/2010
 23/05/2010 a 29/05/2010
 02/05/2010 a 08/05/2010
 21/03/2010 a 27/03/2010
 14/02/2010 a 20/02/2010
 17/01/2010 a 23/01/2010
 03/01/2010 a 09/01/2010
 27/12/2009 a 02/01/2010
 20/12/2009 a 26/12/2009
 25/10/2009 a 31/10/2009
 11/10/2009 a 17/10/2009
 09/08/2009 a 15/08/2009
 12/07/2009 a 18/07/2009
 05/07/2009 a 11/07/2009
 26/04/2009 a 02/05/2009
 22/02/2009 a 28/02/2009
 18/01/2009 a 24/01/2009
 11/01/2009 a 17/01/2009
 28/12/2008 a 03/01/2009
 14/12/2008 a 20/12/2008
 16/11/2008 a 22/11/2008
 19/10/2008 a 25/10/2008
 28/09/2008 a 04/10/2008
 24/08/2008 a 30/08/2008
 27/07/2008 a 02/08/2008
 29/06/2008 a 05/07/2008
 25/05/2008 a 31/05/2008
 18/05/2008 a 24/05/2008
 13/04/2008 a 19/04/2008
 30/03/2008 a 05/04/2008
 23/03/2008 a 29/03/2008
 09/03/2008 a 15/03/2008
 17/02/2008 a 23/02/2008
 03/02/2008 a 09/02/2008
 13/01/2008 a 19/01/2008
 30/12/2007 a 05/01/2008
 23/12/2007 a 29/12/2007
 18/11/2007 a 24/11/2007
 11/11/2007 a 17/11/2007
 04/11/2007 a 10/11/2007
 28/10/2007 a 03/11/2007
 21/10/2007 a 27/10/2007
 14/10/2007 a 20/10/2007
 16/09/2007 a 22/09/2007
 02/09/2007 a 08/09/2007
 15/07/2007 a 21/07/2007
 29/04/2007 a 05/05/2007
 15/04/2007 a 21/04/2007
 11/03/2007 a 17/03/2007
 25/02/2007 a 03/03/2007
 18/02/2007 a 24/02/2007
 21/01/2007 a 27/01/2007
 14/01/2007 a 20/01/2007
 31/12/2006 a 06/01/2007
 24/12/2006 a 30/12/2006
 03/12/2006 a 09/12/2006
 26/11/2006 a 02/12/2006
 19/11/2006 a 25/11/2006
 12/11/2006 a 18/11/2006
 05/11/2006 a 11/11/2006
 29/10/2006 a 04/11/2006
 22/10/2006 a 28/10/2006
 15/10/2006 a 21/10/2006
 08/10/2006 a 14/10/2006
 01/10/2006 a 07/10/2006
 17/09/2006 a 23/09/2006
 10/09/2006 a 16/09/2006
 03/09/2006 a 09/09/2006
 20/08/2006 a 26/08/2006
 13/08/2006 a 19/08/2006
 30/07/2006 a 05/08/2006
 23/07/2006 a 29/07/2006
 02/07/2006 a 08/07/2006
 25/06/2006 a 01/07/2006
 18/06/2006 a 24/06/2006
 28/05/2006 a 03/06/2006
 14/05/2006 a 20/05/2006
 07/05/2006 a 13/05/2006
 16/04/2006 a 22/04/2006
 09/04/2006 a 15/04/2006
 02/04/2006 a 08/04/2006
 26/03/2006 a 01/04/2006
 19/03/2006 a 25/03/2006
 12/03/2006 a 18/03/2006
 05/03/2006 a 11/03/2006
 26/02/2006 a 04/03/2006
 19/02/2006 a 25/02/2006
 12/02/2006 a 18/02/2006
 05/02/2006 a 11/02/2006
 29/01/2006 a 04/02/2006
 22/01/2006 a 28/01/2006
 08/01/2006 a 14/01/2006
 01/01/2006 a 07/01/2006


Votação
 Dê uma nota para meu blog


Outros sites
 Poetrix & Poemínimos (blog antigo)
 Meu site de poesias
 Outro site meu de poesias
 Blog de sonetos


Poetrix - Lilian Maial
 

SO-LAR
lílian maial

cheiro de café
girassol rabiscado no prato
mãe em fotossíntese

 

*******



Escrito por Lílian Maial às 13h50
[] [envie esta mensagem]



E eu, de gracinha:

CRUZANDO
lílian maial

cãozinho na coleira,
gatinha faminta no chão:
amares que vêm pra bem!

 

******



Escrito por Lílian Maial às 13h49
[] [envie esta mensagem]



E T.S.Rossi, inspiradíssimo na sua Amazônia, grita um alerta para todo o país (e o mundo):

transamazônicas

tsrossi

 

vai-se a floresta,

até secar chora o rio,

biodiversidade por um fio...

 

 

 

torpor

tsrossi

 

não há vento,

chuva ou sol...

dorme o dia?!

 

 

 

 

(es)trago

tsrossi

 

inspira fumaça,

expira a vida:

faz sentido?!...

 

 

******

 



Escrito por Lílian Maial às 13h47
[] [envie esta mensagem]



Introduzo no blog um amigo antigo, Otávio Coral, um poetrixta de mão cheia, com os toques delicados do haikai:

RELEMBRANDO

Otávio Coral

 

Águas fluindo sempre

Desaguando em cascatas

Inesquecíveis de negros cabelos.

 

******

 



Escrito por Lílian Maial às 13h46
[] [envie esta mensagem]



Boa tarde, amigos! Hoje foi dia de preguiça, céu sem sol, mas um mormaço constante, que queima, que arde, que abafa. Começo o dia com presente:

PÉROLA/ NA CONCHA

lílian maial/francisco coimbra

 

mar de noite escura, /no balanço das ondas

concha aberta iluminou: /na sua forma

guardava o luar. /perfeita!

 

*******

 

 



Escrito por Lílian Maial às 13h44
[] [envie esta mensagem]



TIETE
lílian maial

a lua babá
olhava do céu, invejosa,
as estrelas-do-mar.

*******



Escrito por Lílian Maial às 21h44
[] [envie esta mensagem]



PÉROLA
lílian maial

mar de noite escura,
concha aberta iluminou:
guardava o luar.

******



Escrito por Lílian Maial às 21h40
[] [envie esta mensagem]



E ganhei outro duplix do Marco Bastos:

VERDEJANÇAS // DE PEDRA EM MIM
lílian maial //Marco Bastos

atirei-me ao mar, //na minha ânsia
petrifiquei: // um dia_amante.
cabia dentro da esmeralda! // queria ser uma esperança.

********



Escrito por Lílian Maial às 17h23
[] [envie esta mensagem]



RITO DE AMOR
lílian maial

o rochedo sorri
a cada maré
afogado em beijos

*********



Escrito por Lílian Maial às 17h07
[] [envie esta mensagem]



SENHA
lílian maial

teu gosto
em minha boca:
livre acesso

*******



Escrito por Lílian Maial às 17h03
[] [envie esta mensagem]



Eis que cai uma chuvarada agora, depois de um dia lindo de sol! Bom para as plantinhas, bom para refrescar, bom para quem está na rua, indo para casa, se molhar...

Enquanto isso, eu aqui remexendo em rascunhos antigos, (re)encontrando coisas:

FASE ORAL
lílian maial

amendoim,
pelinha do canto dos dedos,
tua boca

*******



Escrito por Lílian Maial às 17h00
[] [envie esta mensagem]



E agora, um triplix de amigos do MIP (Movimento Internacional Poetrix):

 

Hospedeira // noturna // carente

sou flor//sou dama, sou camélia//sou todas,
sou adocicada//perfumo as noites de verão//com o meu perfume
sou devassa//me entrego aberta ao luar// ...busco o prazer

Pedro Cardoso (DF) //Tucakors// Sandra Mamede

**********



Escrito por Lílian Maial às 14h22
[] [envie esta mensagem]



E ganhei um duplix com encaixe perfeito, do T.S.Rossi:

REFRESCO / FEBRIL
lílian maial / tsrossi

calor infernal / sol escaldante,
tua boca molhada / chuva refrescante...
banho e bálsamo / delira a natureza!

*******

 



Escrito por Lílian Maial às 13h26
[] [envie esta mensagem]



T.S.Rossi me enviou um e-mail, contando sobre a chuva lá em Porto Velho. Baseada em suas impressões, me inspirei num poetrix:

TORÓ

árvores se agitam ao vento,
espanando o cinza da chuva:
deixa entrar o azul!

*******



Escrito por Lílian Maial às 12h33
[] [envie esta mensagem]



E mais dois poetrix de Marco Bastos:

 

Metrópole cosmopolita

 

It´s wonderful,

Molok.

Small is beautiful

*********

 



Escrito por Lílian Maial às 12h24
[] [envie esta mensagem]



Brindar. Fazer o quê?

Marco Bastos

 

Martini seco e cereja.

Minha terra tem palmeiras

onde o broto brotoeja.

 

********



Escrito por Lílian Maial às 12h21
[] [envie esta mensagem]



Bom dia, galera! Bom e belo dia! Sol, depois de uma noite de chuva densa, que deu pra refrescar, mas sem cair dos 38 graus... (estava 44 ontem). Bem, com tanto sol e calor, nada como um poetrix fresquinho, pra dar ânimo:

 

REFRESCO

lílian maial

 

calor infernal

tua boca molhada

banho e bálsamo

*****



Escrito por Lílian Maial às 12h04
[] [envie esta mensagem]



 

VERDEJANÇAS
lílian maial

atirei-me ao mar,
petrifiquei:
cabia dentro da esmeralda!

********


PS: O mar hoje estava incrivelmente verde, no meu Rio de Janeiro, como uma esmeralda reluzente, ora cristalina, ora opaca, na dependência do ângulo do sol e de raras nuvens. Impossível não dizer poesia.



Escrito por Lílian Maial às 20h13
[] [envie esta mensagem]



E Djalma Filho tb faz sua homenagem a Sampa:

SAMPA

Nem o paulista
suporta
a Paulista

********

MAU GOSTO, MAU GOSTO, MAU GOSTO, MAU GOSTO

Ninfa grita na Ipiranga,
canta na São João:
deselegância vocal.

*********



Escrito por Lílian Maial às 19h59
[] [envie esta mensagem]



De Tânia Regina:
 
Tristeza
 
Mal que aflige,
chaga latente,
enfermidade da alma.
 
******


Escrito por Lílian Maial às 19h57
[] [envie esta mensagem]



E ganhei um duplix de Marco Bastos, para o meu Clave:

CLAVE / NA LINHA E NO ESPAÇO

lílian maial / Marco Bastos

 

teus olhos de sol // luz igual, farol de um só sentido,

me tocam // semibreve. Em ti, um si bemol,

de ouvido // em mim, lá sustenido.

***********



Escrito por Lílian Maial às 19h48
[] [envie esta mensagem]



Marco Bastos manda seu recado:

Cirros

Marco Bastos

 

na senda, os bilros sendo estrelas

a noite teceu os sonhos

como renda.

 

****

 

 



Escrito por Lílian Maial às 19h45
[] [envie esta mensagem]



E o meu amigo T.S.Rossi, lá de Porto Velho, manda tb a sua homenagem à cidade que não pára, e dá seus esclarecimentos:

Escrevi este poetrix em 05/12/2005, inspirado na obra do fotógrafo Edison Russo sobre os moradores de rua da grande São Paulo - exposição "Poetas das almas limpas", na Paparazzi Galeria, em São Paulo (dez/05 e jan/06). Ele fez magníficas fotografias em branco e preto de vários desses personagens anônimos (parte indissociável da faceta cinzenta da grande metrópole). Não tive a oportunidade de ir à exposição, mas pude ver uma reportagem na qual foram publicados alguns desses retratos de Edison Russo, bem como apresentados trechos de depoimentos tocantes colhidos de alguns desses nossos irmãos brasileiros marginalizados. Há muito a dizer sobre sampa; de minha parte, hoje, quero homenagear, com este poetrix, nossos "poetas de almas limpas", protagnistas da "poesia do desencanto" deste nosso Brasil. T.S.Rossi.

 

Poetas de almas limpas

(tsrossi)

 

e corpos nem tanto;

nas ruas de Sampa,

a poesia do desencanto...

 

*******

 

 



Escrito por Lílian Maial às 19h43
[] [envie esta mensagem]



Olá, amigos! Sou carioca da gema, porém sofro de uma paixão incomum por São Paulo, que me atrai com seus brilhos, sua extravagância, e até, como dizem, por sua deselegância discreta. Sampa sempre me acolheu com carinho, respeito e alegria, em todas as vezes que por lá passei. Então, nada mais justo que retribuir esse carinho, fazendo uma homenagem no dia do seu 452° aniversário. Parabéns, São Paulo!

SAMPA
lílian maial

alguma coisa acontece
todo dia acontece
só lá acontece

********



Escrito por Lílian Maial às 19h40
[] [envie esta mensagem]



E da Tânia Regina, que já se tornou adicta:

Prazer
 
Doses únicas,
em conta gotas
saboreadas.
 
*******


Escrito por Lílian Maial às 17h16
[] [envie esta mensagem]



Mais uma pérola do Djalma Filho:

CIRANDA DE BARRO

flores
de mãos dadas
em torno d'um jarro

*****



Escrito por Lílian Maial às 17h12
[] [envie esta mensagem]



CLAVE
     lílian maial

teus olhos de sol
me tocam
de ouvido



Escrito por Lílian Maial às 17h03
[] [envie esta mensagem]



(DES)ABRIGADA
               lílian maial

sem colo nem teto
meu lugar
é onde haja versos

 

********



Escrito por Lílian Maial às 17h02
[] [envie esta mensagem]



OITAVAS ACIMA
          lílian maial

de mi(m)
ou eu
de si

 

*****



Escrito por Lílian Maial às 17h01
[] [envie esta mensagem]



E quem volta a publicar conosco é o amigão lá dos pampas, o Ricardo Mainieri, e suas maravilhosas pérolas de poetrix:

Natura(l)mente

Flor & fragrância
flutuam cores matinais :
olhos de primavera.

Ricardo Mainieri

 

********

Ígneo

Pólos masculino e feminino
se encontram :
incêndio dos sentidos.

Ricardo Mainieri

*********

Noturna paisagem

Lua grávida
luzamamenta
coqueiros em procissão.

Ricardo Mainieri

*********



Escrito por Lílian Maial às 16h39
[] [envie esta mensagem]



Boa tarde!

Hoje estou feliz com a chegada de mais um amigo poetrixta aqui no blog: Raul Pough

Bem-vindo, Raul, e que sua estada seja permanente, repleta de inspiração, carinho e admiração!

destino alado



o beija-flor
segue sua sina...
deflorador

 

*****

míni

mínima lista
minilista
minimalista

Raul Pough

 

 



 



Escrito por Lílian Maial às 16h36
[] [envie esta mensagem]



Da Tãnia Regina:
 
 
Alicerce
 
Dorso, um corpo,
recosto,
mesmo a contra-gosto.
 
********
 


Escrito por Lílian Maial às 17h01
[] [envie esta mensagem]



Do amigo poetrixta Djalma Filho:

MEMBROS

cabeça,
corpo
e tronco.

****

NA TERRA DO MEU AVÔZINHO


basquetebol, bola ao cesto;
voleibol, bola ao chão;
futebol, bola na rede.

*********

 

FAIXAS ETÁRIAS


aos dez, estão;
aos cinqüenta, ficam;
aos cem, em vão.

********

ROBIN TUPINIQUIM

cria ricos,
forma pobres,
alimenta miseráveis.

*****

 



Escrito por Lílian Maial às 16h52
[] [envie esta mensagem]



RIO

lílian maial

olhe ao redor:
o mar não corre pra areia

melhor lamber as pedras

******



Escrito por Lílian Maial às 16h39
[] [envie esta mensagem]



VIDA
lílian maial

não há pressa,
a beleza está toda aí
:olha!

*******

 





Escrito por Lílian Maial às 16h36
[] [envie esta mensagem]



E um triplix muito bem alcançado:

 

 

RENOVAÇÃO / INTERIOR / NO AMOR

Daniel C.Rodrigues / tsrossi / Marco Bastos

 

Minha alma se reescreve / nos poemas que escreves, / por amar.

Nas entrelinhas do teu amor,/ encontro o que não havia... / o vento rodopia a me chamar ...

Em cada verso de poesia. / O sentido da vida... / a cantar, a cantar... também eu ia...

 

*********



Escrito por Lílian Maial às 16h31
[] [envie esta mensagem]



LATENTE / FLUENTE / É SEGREDO, NEM TENTE ...

Lílian Maial / Daniel / Marco Bastos

 

um querer conhecido / um amor desmedido / no ciúme medido, não sei...

no meio da noite / ao brilhar da escuridão / meu girassol, é um cravo que escrevo,

teu perfil adormecido / meu coração esquecido / é um travo, é um trevo...

 

***********



Escrito por Lílian Maial às 16h11
[] [envie esta mensagem]



E meus queridos fazendo homenagem a esta que vos fala...

 

MACULELÊ / CAPOEIRA / SAMBA DE RODA

Lílian Maial/ Tânia Regina Cardoso / Marco Bastos

 

nativos corpos suados / na terra de Santa Cruz,/ ali li, que Lee é a luz

meninos batem paus / mistura de sons, tocando berimbau, / meu coração é o timbau

meninas batem palmas / na dança da Lílian Maial. / escreve Caminha: até roda o Cabral...

 

********



Escrito por Lílian Maial às 16h10
[] [envie esta mensagem]



E Marco Bastos, em Belém do Pará, manda-nos um mimo:

encontro o amor

Marco Bastos

 

sobre as águas de um rio que chega ao mar

e nelas cabe o mundo.

o amor é fundo

 

*******

 

 

 



Escrito por Lílian Maial às 16h08
[] [envie esta mensagem]



Olá! Hoje trago algumas coisas bonitas dos amigos. Recém-chegada de viagem, tenho muitas idéias, mas uma preguicinha abaianada de passar para o papel.

Assim, do nosso amigo Rossi, lá de Porto Velho, uma sensível homenagem e ao mesmo tempo alerta dos males atômicos:

Rosa de Hiroshima

tsrossi

 

beija-flor morreu...

não havia mais flor,

apenas deserto, e dor...

 

*****

 

 



Escrito por Lílian Maial às 16h05
[] [envie esta mensagem]



E pra encerrar por hoje, um duplix do Marco Bastos e da amiga querida Tucakors:

 

bo_cadinho / funda_me(n)tal

Tucakors / Marco Bastos

 

misturo o velho ao novo / do velho a jóia

o joio, o trigo, a jóia / do novo o joio

- ação, reação e alquimia / só aboio e trigo. quero a alma em ouro, e sigo...

 

*********

 

 



Escrito por Lílian Maial às 23h19
[] [envie esta mensagem]



mão e contra-mão

Marco Bastos

 

povo de joelho, frente ao espelho

se a gente é demente de fato,

o governo de fato, retrato.

 

*******



Escrito por Lílian Maial às 23h15
[] [envie esta mensagem]



Um delicioso multiplix lá do Norte:

mero eco, pedra ita. // itaoca, oca... // cuscuz de tapioca. // maní e manioca...

Marco Bastos // TSRossi // Marco Bastos // TSRossi

 

gruta / greta, eta... / pirueta!... se entoca / feito ita

bruta / brita, ita... / na marmita do gago, a perereca; / que sapeca, eca!...

grita / grota, ota... / e enxoxota do cuscuz, o curiboca... / xô daqui, já pra maloca, oca!..

 

********



Escrito por Lílian Maial às 23h14
[] [envie esta mensagem]



Marco Bastos fez um lindo poetrix, e Rossi correu com um duplix lindo:

Ponteiros // inquietos

Marco Bastos // tsrossi

 

Agora em minha cidade // é madrugada

no reloginho: grande - saudade // e o sono não vem...

curto - carinho. // E as horas não passam!...

 

*******



Escrito por Lílian Maial às 23h08
[] [envie esta mensagem]



E Pedro Cardoso, sua justa homenagem:

 

Poesia (para Pedro Cardoso)

tsrossi

 une

versos

universos

 (neste caso, assim mesmo, sem pontuação, sem fronteiras... como a poesia!).

 

 

 



Escrito por Lílian Maial às 23h00
[] [envie esta mensagem]



E Daniel ganha seu duplix:

 

RENOVAÇÃO // INTERIOR

Daniel C.Rodrigues // tsrossi

 

Minha alma se reescreve // nos poemas que escreves,

Nas entrelinhas do teu amor, // encontro o que não havia...

Em cada verso de poesia. // O sentido da vida...

 

********

 



Escrito por Lílian Maial às 22h59
[] [envie esta mensagem]



Aí foi a vez de Tânia ganhar um duplix:

Solidão // foi o que restou...

Tãnia R. Cardoso // tsrossi

 

Na ponta do abismo, a imensidão, // o profundo vazio, 

horizonte infinito, //de um passado distante...

entre céu e mar, consternação. // Estou só neste deserto!...

 

*********



Escrito por Lílian Maial às 22h57
[] [envie esta mensagem]



Lembram, da Tânia Regina, que estreou no poetrix aqui, na semana retrasada? Pois é...  agora estréia no duplix:

Leituras // Epílogo

lílian maial/ Tânia Regina

 

Meu corpo-livro//Páginas marcadas,

fecha-se com teu marcador.//resumo da vida,

Nunca saímos da mesma página.//sem capítulo final

*******

 

E não é que ficou muito bom?



Escrito por Lílian Maial às 22h54
[] [envie esta mensagem]



Aqui o meu amiguinho Daniel, lá de Londrina, enviou esse duplix:

LATENTE//FLUENTE

Lílian Maial//Daniel

 

um querer conhecido//um amor desmedido

no meio da noite//ao brilhar da escuridão

teu perfil adormecido//meu coração esquecido

 

*********



Escrito por Lílian Maial às 22h52
[] [envie esta mensagem]



E nessa semaninha de férias, quanta coisa rolou aqui no blog! Extraí um monte de poesia nos comentários. Vejam esse carinhop do F. Coimbra e do Rossi:

LÍLIAN // MAIAL

Francisco Coimbra // tsrossi

 

é um imã… // de magnetismo capital,

mas funciona // em prosa ou verso...

com magia! // é poesia!

 

 

********

 



Escrito por Lílian Maial às 22h50
[] [envie esta mensagem]



Aí vem a Tânia Regina, e me faz essa gracinha de duplix/homenagem:

MACULELÊ/CAPOEIRA
Lílian Maial/Tânia Regina Cardoso

nativos corpos suados/na terra de Santa Cruz,
meninos batem paus/ mistura de sons,tocando berimbau,
meninas batem palmas/na dança da Lílian Maial.


***********



Escrito por Lílian Maial às 22h47
[] [envie esta mensagem]



Olá, gente boa da poesia! De volta ao meu aconchego, após uma semana maravilhosa em Porto Seguro (ou seria o paraíso?), numas férias merecidas. Chego aqui e encontro um movimento delicioso no blog, e até uma homenagem do F. Coimbra e do T.S. Rossi, amigos queridos das letras.

Recebi tb recadinhos de vários amigos que estão adorando o blog, amantes que são do poetrix.

Conversei dia desses com o Goulart Gomes, o "pai" do poetrix, e ele disse que enviará alguns poetrix para publicação no blog - uma honra - já que tenho por aqui assiduamente o "pai" do duplix - Pedro Cardoso.

Bem, vamos às novidades...  vim de Porto cheia de sons e gostos afro-brasileiros, e fix um poetrix:

MACULELÊ

corpos nativos suados

meninos batem paus

meninas batem palmas

*****



Escrito por Lílian Maial às 22h09
[] [envie esta mensagem]




[ ver mensagens anteriores ]